A Bela e a Fera: A evolução do clássico da Disney

Depois da estreia do tão esperado filme da Disney, A Bela e a Fera em live-action, estrelado por Emma Watson (Bela), Dan Stevens (Fera), Luke Evans (Gaston), Josh Gad (Lefou) e Sir Ian McKellen (Horloge) não poderíamos deixar de homenagear esse lindo clássico mundial.

La Belle et la Bête, um conto de fadas francês, teve a primeira versão publicada por Gabrielle-Suzanne Barbot, Dama de Villeneuve, em 1740.

A versão mais conhecida foi um resumo de sua obra, publicado em 1756 por Madame Jeanne-Marie LePrince de Beaumont, no Magasin des Petites Enfants. E sua versão em inglês surgiu no ano seguinte, 1757.

No ano de 1946, foi lançado o primeiro filme inspirado no conto, escrito pelo cineasta francês Jean Cocteau. Um filme bem humorado estrelado por Josette Day e Jean Marais.

E no ano de 1952, tivemos um desenho animado soviético chamado A Flor Vermelha que foi baseado em um versão do conto escrita por Sergei Aksakov.

Já no ano de 1962, foi lançada a primeira adaptação live-action em inglês, com Joyce Taylor e Mark Damon traz a Fera como um príncipe transformado em lobisomem. 

Em 1987, surgiu o primeiro musical inspirado em “A Bela e a Fera”, com o mesmo nome e filmado em Israel.

Em 1987, foi lançada uma série de TV, que contava a história de Linda Hamilton  uma advogada de Manhattan cuja vida foi transformada quando uma Fera chamada Vincent (Ron Perlman) a resgata de um ataque. O programa ficou no ar por três temporadas. (CURIOSIDADE: George R. R. Martin, de Game Of Thrones trabalhou como escritor na série.)

Em 1991, foi lançado o clássico filme da Disney! Neste o castelo da Fera fora encantado por uma fada disfarçada que no passado oferecera uma rosa a um príncipe soberbo, que recusando-a, fora transformado em fera. Os criados do príncipe foram transformados em objetos domésticos (LINDOS!) e ele tem um prazo para se casar com uma mulher que aceite seu amor até que a última pétala de uma rosa caia.

//giphy.com/embed/10iuzA464T5OF2

Em 2011, o filme Beastly trouxe uma versão moderna do conto. Onde Kyle é um jovem com um rosto desfigurado graças a uma antiga colega de escola que no passado fora humilhada por ele.

No mesmo ano, uma nova adaptação da história foi ao ar na série Once Upon a Time.

Em 2012, estreou a série Beauty and The Beast na rede de TV americana CW. A série ficou no ar por quatro temporadas e era estrelada por  Kristin Kreuk e Jay Ryan.

Em 2014, foi lançado o filme francês La Belle et la Béte estrelado por  Léa Seydoux e Vincent Cassel. Aqui a trama é um pouco diferente, a maldição da fera foi lançada por um deus da floresta, que o condenou a viver como monstro até que encontrasse alguém que o amasse.

E em 2017…

 

E aí, galera? Vocês já conheciam todos esses filmes e séries? Conte aí nos comentários! Vou adorar saber!

Esse post foi feito originalmente para o site Feededigno! Confira o original aqui!

Anúncios

Um comentário sobre “A Bela e a Fera: A evolução do clássico da Disney

  1. Bru
    você já viu as histórias originais de alguns clássicos, escritos pelos irmãos Grimm?
    Parecem contos de terror ao invés de fadas ahahah
    Achei curioso, e achei que tem a ver com o seu post!
    beijos

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s