Jane The Virgin (2014-)

Sempre tive muito preconceito com novelas mexicanas, e quando vi Jane The Virgin no catálogo da Netflix não tive nenhuma vontade de assistir, já que a série não é uma novela mexicana, mas as usa como base. 

Na verdade a série é uma adaptação de uma novela venezuelana chamada “Juana la Virgen” e a todo momento faz referências às novelas. Depois de conhecer a história de Jane Villanueva (Gina Rodriguez), fiquei curiosa e acabei me encantando pela série.

Sinopse: Quando Jane era pequena, sua avó a convenceu de duas coisas: telenovelas são a melhor forma de entretenimento, e mulheres devem proteger a virgindade a qualquer custo. Agora, aos 23 anos, a vida de Jane tornou-se tão dramática e complicada quanto as telenovelas que ela sempre amou, após uma série de surpreendentes eventos que fizeram com que ela fizesse, acidentalmente, uma inseminação artificial.

Ao ler a sinopse, a série pode passar a impressão de que é superficial e boba! Porém, o fato de Jane ser virgem é apenas um detalhe diante dessa personagem tão carismática. A série mostra uma família de mulheres fortes e que sabem se virar diante das adversidades da vida. E de forma leve, fala de feminismo, xenofobia e outros temas delicados.

Jane é uma jovem que apesar dos problemas, é centrada, honesta e, principalmente, alguém que corre atrás dos seus sonhos e do amor! Ela namora Michael Cordero Jr. (Brett Dier), um detetive, e são muito felizes e apaixonados.

A série se passa em Miami na atualidade e conta a vida de Jane e sua família, esta mesma vida que virou de cabeça para baixo quando ela foi inseminada artificialmente por engano. Para complicar ainda mais, o pai do bebê é um antigo crush de Jane – Rafael Solano (Justin Baldoni) – dono do hotel Marbella, que é um dos principais panos de fundo da série.

Até mesmo os “vilões” da série são carismáticos, como é o caso de Petra Solano (Yael Grobglas) a esposa de Rafael. Ela é aquele tipo de personagem que irrita e que dá vontade de abraçar também! Apesar de suas maldades, por vezes ela se mostra frágil, atrapalhada e arrependida. Além disso, Petra tem figurinos de tirar o fôlego, e está sempre desfilando cheia de classe pelo hotel.

Rogelio de La Vega, interpretado por Jaime Camil, é um espetáculo a parte. Ele é um ator de novelas mexicanas, muito famoso e super ligado em redes sociais. Vaidoso, não abre mão de um corretivo para esconder suas olheiras. Rogelio é um dos personagens que traz leveza à série! 

Jane The Virgin está na sua terceira temporada e é produzida e transmitida nos EUA pela emissora de The CW – a mesma que transmite Arrow, Flash e muitas outras séries de sucesso.

Confira o trailer:

Infelizmente, na Netflix só está disponível a primeira temporada da série! Atualiza isso aí, Netflix!! Nunca te pedi nada!!

No Brasil, a série também é transmitida pelo canal a cabo Lifetime (Canal 141 da NET e Canal 87 da SKY), e vai ao ar toda sexta às 21h10. Não perca!

E aí, vocês já conheciam a série? Ficaram curiosos? Conta pra gente aqui nos comentários!

Esse post foi feito originalmente para o site Feededigno, para não perder nenhuma novidade das suas séries favoritas, não deixe de acompanhá-los nas redes sociais!

FacebookInstagramTwitterPinterest

Anúncios